Opinião:

Você certamente já escutou aquela expressão:
O que é certo é certo mesmo que ninguém esteja fazendo.
E o que é errado é errado mesmo que todo mundo esteja fazendo.

Algumas empresas estão tentando transformar a Black Friday na Black Fraude.
Duas, três semanas antes, sobem o preço de tudo para, na sequência, vender pela metade do dobro.
Isto não é vender!
Vender não tem nada a ver com isso.
Sou especialista em vendas, meu nome é Leandro Branquinho e acredito que o cara que engana não deve ser chamado de vendedor. O cara que engana é um picareta.
Se a sua empresa pretende participar da próxima Black Friday, eu espero de verdade que você ofereça algum desconto que seja bacana ou que ofereça alguma promoção que seja realmente relevante para os seus clientes.
Vamos acabar com este estigma de que vendedor é bom de papo, de que vendedor é o aquele que leva as pessoas na conversa.
Vamos ajudar as pessoas.
E ajudando as pessoas, a gente consegue ter lucratividade e não é preciso enganar ninguém.

—–

Pesquisa feita pela Folha de São Paulo aponta que metade das promoções da Black Friday são falsas

A história de Black Friday no Brasil ser uma fraude se tornou tão popular (infelizmente), que é possível encontrar diversos memes ridicularizando a data promocional.
Veja alguns na galeria a seguir:

Pior, já virou notícia negativa em diversos canais.

A postagem original sobre a Black Friday foi feita em meu Istagram

O que é certo é certo, mesmo que ninguém esteja fazendo. E o que é errado é errado, mesmo que todo mundo esteja fazendo. Aproveitar de uma data promocional para enganar as pessoas não é algo que deveria fazer parte de nosso cotidiano. Seria ótimo se todos utilizassem da promoção para entregar algo que fizesse a diferença para as pessoas. Sugestões para conquistar seus clientes com a Black Friday: Cobre mais barato por produtos que vão sair de linha. Dê desconto em produtos que são complementares (acessórios por exemplo). Ofereça voucher de desconto para próxima compra. Monte kits com alguns produtos (e dê um desconto aignificativo) Enfim, use a criatividade. Ter lucro é importante, mas se não pode oferecer alguma vantagem real, é melhor não participar da Black Friday 😉 Leandro Branquinho Palestrante de Vendas http://leandrobranquinho.com.br #blackfriday #blackfraude #promo #promoção #empreender #vendas #vendedor #empreendedorismo #marketing #palestrantedevendas #leandrobranquinho #palestrante #empreendedor #vendedor

A post shared by Leandro Branquinho Palestrante (@leandrobranquinho) on

Nos Estados Unidos, onde a ideia da data surgiu, acontece o contrário. Algumas promoções são tão boas, que as pessoas se atropelam

via GIPHY

Veja minha opinião sobre o que tem se tornado o uso do celular em vendas

Voltar a página inicial